Login

Contato

Por favor digite seu nome
Por favor insira seu email. Email inválido.
Por favor escreva sua mensagem
Busca - Categorias
Pesquisar - Contatos
Pesquisar - Conteúdo
Busca - Fonte de Notícias
Pesquisa - Marcadores

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 
A andorinha-pequena-de-casa Pygochelidon cyanoleuca é uma ave da família Hirundinidae. Ocorre desde a Costa Rica até a Terra do Fogo e em todo o Brasil.
  • Nome popular: Andorinha-pequena-de-casa
  • Nome inglês: Blue-and-white Swallow
  • Nome científico: Pygochelidon cyanoleuca
  • Família: Hirundinidae
  • Habitat: Ocorre desde a Costa Rica até a Terra do Fogo, e em todo o Brasil.
  • Alimentação: Alimenta-se basicamente de insetos, que caça no ar, durante o voo.
  • Reprodução: Usam buracos em barrancos, escarpas e rochas tanto para nidificar quanto para pernoitar. Ocupa também frestas de telhados ou qualquer outro espaço em nossas construções. O ninho é uma tigela feita de palha, as vezes cimentada com fezes de gado e recoberta por penas. Os ovos, geralmente de 3 a 5, são incubados pela fêmea enquanto o macho a alimenta. O casal se reveza na alimentação dos filhotes.
  • Estado de conservação: Pouco preocupante
Foto – Afonso de Bragança
Andorinha-pequena-de-casa
Foto – Afonso de Bragança
Andorinha-pequena-de-casa

Características:

Mede cerca de 13 centímetros, as partes superiores são azul-metálicas, mas dependendo da incidência da luz parecem negras. As asas e a cauda são negras, inclusive nas partes inferiores. A região negra da parte inferior da cauda vai até a altura da cloaca.
Possui três subespécies:
  • Pygochelidon cyanoleuca cyanoleuca (Vieillot, 1817) - ocorre desde a Costa Rica até a Venezuela, no Brasil e no Norte da Argentina;
  • Pygochelidon cyanoleuca peruviana (Chapman, 1922) - ocorre na região costeira do Peru; em La Libertad até Arequipa;
  • Pygochelidon cyanoleuca patagonica (Orbigny & Lafresnaye, 1837) - ocorre na região Central do Chile e Argentina até a Terra do Fogo.

Comentários:

Vive a maior parte do dia voando, só pousando em árvores, antenas e fios de eletricidade para descansar ou quando o tempo está ruim. Às vezes é vista fazendo voos rasantes sobre lagos para beber água. Tem grande afinidade pelas habitações humanas. Muitas vezes são vistas voando dentro de grandes igrejas, e por isto são muito respeitadas. Faz seus ninhos em cavidades, próximos uns dos outros, formando colônias. Gostam de pousar em fios elétricos, em grande número. Algumas não gostam muito do frio e migram para passar o inverno em outras regiões mais ao norte. Têm um voo um pouco irregular, já que ficam para lá e para cá procurando insetos.
Foto – Afonso de Bragança
Andorinha-pequena-de-casa
Foto – Afonso de Bragança
Andorinha-pequena-de-casa
Referências Bibliográficas: FRISCH, Johan Dalgas; FRISCH, Chistian Dalgas. Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem 3ª edição. Ed. Dalgas Ecoltec - Ecologia Técnica Ltda. │SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997 │ Wikipédia
Mais fotos de Andorinha-pequena-de-casa

Topo