Login

Contato

Por favor digite seu nome
Por favor insira seu email. Email inválido.
Por favor escreva sua mensagem
Busca - Categorias
Pesquisar - Contatos
Pesquisar - Conteúdo
Busca - Fonte de Notícias
Pesquisa - Marcadores

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 
A choca-da-mata é uma ave da família Thamnophilidae.Como seu nome indica é vista freqüentemente em bordas de matas e capoeiras entre ramos fechados das copas. Alimenta-se de artrópodes. Provavelmente a choca mais comum das bordas de mata do Brasil não-amazônico.
  • Nome popular:Choca-da-mata
  • Nome inglês:Variable Antshrike
  • Nome científico:Thamnophilus caerulescens
  • Família: Thamnophilidae
  • Habitat: Ocorre em Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro e do Espírito Santo ao Rio Grande do Sul.
  • Alimentação: Assim como outras chocas alimenta-se basicamente de insetos que captura ao inspecionar as folhas e os caules de trepadeiras, mas também pode incluir pequenos frutos em sua dieta.
  • Reprodução: O ninho é uma pequena tigela feita a base de gravetos sobre uma forquilha de árvore ou nas ramagens de trepadeiras. O casal se reveza na construção do ninho e alimentação dos filhotes, que costumam ser dois, mas já foram relatados casos em que o macho abandonou o ninho e a fêmea criou os dois filhotes sozinha e com sucesso. Pões dois ovos claros com pintas e desenhos pela superfície.
  • Estado de conservação: Pouco preocupante
Foto – Afonso de Bragança
Choca da mata
Foto – Afonso de Bragança
Choca da mata
Características:Tem 15 centímetros e pesa 20 gramas. Há dimorfismo sexual, a coloração do macho é meio acinzentada, o alto da cabeça é negro e o ventre é mais claro. Já a fêmea distingue-se pela plumagem parda. Ambos os sexos possuem pintas claras nas asas. Uma característica que distingue esta espécie de outras chocas é a falta de pintas ou barras escuras ou de manchas pardas no macho.
Comentários: É uma espécie encontrada geralmente aos casais nos estratos médios e inferiores de florestas secundárias, nas matas de galeria e bordas de matas densas pulando por entre as ramagens, trepadeiras e cipós. Aparentemente vem ganhando espaço nas regiões urbanizadas mais arborizadas como parques e pomares. Seu nervosismo pode ser observado pelo movimento da cauda e do píleo. Costuma abaixar lentamente a cauda. Locomove-se predominantemente saltando e pulando, seja pela ramaria ou no solo. Pode ser vista remexendo as ramagens e folhas.
Foto – Edgard Thomas
Choca da mata
Foto – Edgard Thomas
Choca da mata
Referências Bibliográficas: WikiAves
Topo